Pesquisa Revela que Quase 70% da População Compra Genéricos no Brasil
06/03/2013
COMPARTILHE
TAGS
  • Saúde
  • genéricos
  • medicamento
  • medicamentos

Uma enquete sobre o consumo nas farmácias no Brasil ouviu mais de 1.600 pessoas em 12 capitais do país e concluiu que 68% dos entrevistados têm o hábito de comprar medicamentos genéricos. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Datafolha entre os dias 6 e 7 de novembro de 2012 e concluída no fim de dezembro do ano passado com homens e mulheres acima dos 18 anos.

Das pessoas ouvidas, 25% declararam adquirir remédios de marca. Entre a classe A, essa taxa subiu para 42%. Os demais indivíduos disseram usar outros tipos de drogas: similares, biológicas, manipuladas, homeopáticas e fitoterápicas. Os índices de cada um desses produtos, porém, não ultrapassaram os 2%.

A pesquisa quantitativa foi feita a pedido do Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ), instituição de pós-graduação centrada no mercado farmacêutico. Os participantes responderam a um questionário de 18 minutos de duração em pontos de fluxo de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza, Campo Grande, Goiânia, Belém e Manaus.

O estudo ainda revelou outros dados gerais sobre o consumo em farmácias. A enquete mostrou que 94% da população entrevistada tem o hábito de fazer compras regularmente em farmácias e drogarias, e o público que costuma frequentar as farmácias do país é constituído de 55% de mulheres, 65% entre 26 e 59 anos, 43% com ensino médio completo e 48% pertencente à classe C.